Dicas para ajudar no cuidado da pessoa com deficiência

Muitas pessoas já passaram por uma saia justa ou possuem certa insegurança por não saberem como agir ou se dirigirem a pessoas com deficiência. Geralmente, o maior medo é aproximar-se de maneira que a pessoa sinta-se incapaz, menosprezada ou diminuída por sua condição.

Todos queremos que a inclusão dessas pessoas na sociedade seja ativa, e para isso, o primeiro passo é repensar nossas atitudes.

O primeiro passo, é respeitar os direitos reservados às pessoas com deficiência: não usar o banheiro destinado a elas, nem vagas de estacionamento específicas, assentos especiais em transportes públicos, entre outros.

Hoje, trouxemos algumas dicas de como você pode ajudar no cuidado da pessoa com deficiência:

Pessoas com deficiência física

 – Evite falar com ela de pé, lembre-se de se sentar, para que o diálogo se mantenha sempre no mesmo nível.

 – Evite apoiar-se na cadeira de rodas e mantenha os acessórios sempre próximos a ela.

 – Se achar que a pessoa está com dificuldades e precisa de ajuda, ofereça, e pergunte como deve proceder. Pergunte e saberá como agir, e não se ofenda se a pessoa recusar a sua ajuda e quiser se virar sozinha.

 – Se por acaso presenciar um tombo da pessoa com deficiência, ofereça-se imediatamente para auxiliá-la, mas nunca aja sem perguntar como se deve ajudar.

Pessoas com deficiência visual

 – Saiba que nem sempre as pessoas com deficiência visual precisam de ajuda. Se encontrar alguém que pareça estar com dificuldade, identifique-se primeiro e ofereça ajuda.

 – Se o seu auxílio for aceito, coloque a mão da pessoa no seu cotovelo dobrado, pois assim ela irá acompanhar o movimento do seu corpo enquanto você anda.

 – Seja claro e específico ao explicar as direções, indicando as distâncias em metros. E quando for se afastar, avise.

 – Não brinque com o cão-guia, pois ele não deve ser distraído de sua função

Pessoas com paralisia cerebral

 – A paralisia cerebral é fruto de uma lesão no cérebro, que causa desordem sobre o controle dos músculos do corpo

 – As pessoas com esse tipo de deficiência têm necessidades específicas, ou seja, algumas podem apresentar dificuldades para andar, fazer movimentos involuntários com os membros, e precisam de paciência, principalmente durante situações comunicativas.

Pessoas com deficiência auditiva

 – Muitas pessoas surdas não falam porque não aprenderam a falar, mas algumas fazem a leitura labial. Ao falar com uma pessoa surda, acene para ela, ou toque levemente seu braço, para que ela volte a atenção para você. Evite gestos bruscos ou segurar objetos em frente à boca. Fale de maneira clara, sem exageros.

 – Mantenha contato visual, e se tiver dificuldade para compreender o que ela está dizendo, peça a ela que repita. Geralmente, elas não se incomodam de repetir quantas vezes for preciso para que sejam entendidas.

Pessoas com deficiência intelectual

 – Aja naturalmente ao se dirigir a uma pessoa com deficiência intelectual e não a ignore. Cumprimente e despeça-se dela como faria com qualquer um.

 – Não subestime sua inteligência, pois as pessoas com deficiência intelectual levam mais tempo para aprender, mas podem adquirir outras habilidades.

Viu só como é fácil conviver e ajudar pessoas com deficiência? Siga nossas dicas, e claro, não se esqueça de registrar em nosso app Eu Cuido seus dados de saúde e os das pessoas que você ama! 

Conteúdo relacionado

Plataforma de saúde e bem-estar para pessoas interessadas em se cuidarem e cuidarem de quem precisa.

Newsletter

© 2022 EUCUIDO.APP - Todos os direitos reservados

Translate »

O que você procura?